microsoft-store-nova-york

Duas notas rápidas sobre a Microsoft (que tem várias notícias pipocando antes do evento de amanhã). A primeira delas é que a gigante de Redmond vai abrir uma de suas lojas de referência na 5ª avenida de Nova York, próxima da icônica loja da Apple em forma de cubo de cristal.

Os planos foram confirmados pelo Wall Street Journal, que informa que esta é a concretização de um plano que levou anos para ser colocado em prática. Esta será a primeira loja da Microsoft em Manhattan, e a mais nova unidade dentre as mais de 100 lojas físicas abertas nos EUA, Canadá e Porto Rico desde 2009. A loja da Microsoft ficará na 677 da 5ª avenida, enquanto que a da Apple fica na 767 na mesma avenida.

Esta é uma das zonas mais comerciais, turísticas e caras da cidade de Nova York. Ainda não há data para a sua inauguração, mas tudo indica que isso deve acontecer a tempo para as vendas de natal.

650_1000_0717_xiaomi-lei-jun_600

A segunda notícia vem da China. O CEO da Microsoft, Satya Nadella, estaria seguindo de viagem para o país asiático para se encontrar com o CEO da Xiaomi, Lei Jun (foto acima). O propósito do encontro não é revelado, mas os mais otimistas falam sobre os planos da Xiaomi em desenvolver um dispositivo Windows no futuro. Provavelmente estão mais próximos de um tablet – uma versão do MiPad – do que um smartphone.

O que torna a parceria difícil é a filosofia da Xiaomi/Mi, baseada na personalização e controle do software dos dispositivos. Porém, o que manda nesse mundo é o dinheiro, certo?

Na parte de produtos, o intercâmbio de informações pode ser algo interessante. A Xiaomi deixou de ser uma empresa pequena para ser uma das protagonistas do mercado asiático. Eles querem conquistar um mercado maior de telefonia, e conhecer o expertise das empresas ocidentais é parte fundamental desse processo.

É difícil ver a médio prazo parcerias entre Microsoft e Xiaomi, mas se algo for anunciado no futuro, esses encontros serão o começo de tudo.

Via Wall Street Journal, GizChina