Steve Guggenheimer, responsável pelas relações entre Microsoft e os fabricantes de computadores, deu uma entrevista ao Wall Street Journal, e não foi comedido na hora de falar sobre o Android, e seu relativo êxito no segmento dos tablets.

Segundo Guggenheimer, o interesse de empresas como Acer e Dell no SO da Google é simplesmente para testes, afirmando que eles se esquecerão dele uma vez que estas e outras empresas se derem conta de que “o apoio da Microsoft ao Windows 7 será maior com o passar do tempo”. Ele prova isso com a venda de netbook, que no começo era quase que exclusivamente vendidos com Linux, e “três anos depois, são com Windows em 95% das vendas”.

Não dá pra julgar as coisas neste parâmetro. No caso do Android, ainda achamos que o buraco é mais embaixo. Mas vamos esperar pra ver o que acontece. Só o tempo dirá quem está certo.

Fonte