microsoft-displaycover

Em 2010, vimos um teclado com uma tela integrada, oferecida pela ASUS. O produto chegou ao mercado, e agora a Microsoft escolhe a tela com tinta eletrônica para o seu DisplayCover.

A proposta da Microsoft Applied Sciences (relacionada ao Surface) é bem interessante, pois coloca a tinta eletrônica (com baixo consumo de energia) com uma resposta touch para interação com o sistema operacional. O Windows 10 está cheio de gestos e atalhos para o teclado, mas é muito mais eficiente ter esse acesso direto na tela ou em um botão.

A DisplayCover fica acima do teclado convencional, abaixo da tela do Surface (também sensível ao toque). A sua resolução é de 1280 x 305 pixels, com uma proporção retangular que permite um posicionamento em um espaço reduzido, como em um teclado portátil.

Que fique claro que, por enquanto, a DisplayCover é apenas um protótipo.

microsoft-displaycover-02

O mais chamativo da tela parece ser o reconhecimento de ponteiros e gestos, além de oferecer ferramentas que são bem recebidas fora da tela principal, como por exemplo no Photoshop ou na navegação sobre mapas.

Fato é que os tablets, mesmo com vendas mais moderadas, estão se transformando em dispositivos mais capazes. E com acessórios melhores, podem se tornar ótimas ferramentas de produtividade.

 

Via Microsoft