microsoft-logo-teaser

A Microsoft segue com seus ajustes laborais, e anunciou a demissão de mais de 500 funcionários.

A empresa demitiu na semana passada 300 funcionários, principalmente da sua sede principal, Redmond. Além disso, o Financial Times informou que no dia 16 de setembro a Microsoft planeja fechar os escritórios do Skype em Londres, o que representaria a demissão de outras 220 pessoas.

Os 500 demitidos se somam a outros 2.850 demissões anunciadas em julho, que afetaram principalmente a divisão de smartphones. Em 2015, foram 7,800 funcionários afastados, e em 2014, foram 25 mil baixas. Nesse último caso, os trabalhadores protestaram e muito.

A divisão de smartphones é sinônimo de problemas para a Microsoft, que por sua vez parece não estar empenhada nesse segmento. Mas apesar das demissões, até o dia 30 de junho de 2016, a empresa anunciou ter 114 mil funcionários em tempo integral, dos quais 63 mil estão nos Estados Unidos.

Via ZDNet