mi notebook air

O Mi Notebook Air, o esperado notebook da Xiaomi, foi apresentado, depois de vários rumores. Comercializado em versões de 12.5 e 13.3 polegadas (Full HD), os portáteis tem base de hardware Intel Skylake, armazenamento via SSD e gráficos dedicados no modelo maior.

A Xiaomi não esconde sua inspiração no MacBook Air da Apple, comparando o Mi Notebook Air diretamente com ele, garantindo que o seu modelo é 13% mais fino que o concorrente, possui tecnologias atualizadas e é mais barato.

Já disponível na China, o Mi Notebook Air foi desmontado na sua versão de 13.3 polegadas, mostrando detalhes importantes sobre o seu processo de montagem e capacidade de manutenção. Por exemplo, a substituição da SSD M.2 é de simples substituição. Por outro lado, é impossível atualizar a RAM, o que mostra que a Xiaomi se inspirou na Apple até nos aspectos negativos.

Sua bateria possui 5.107 mAh (39 Wh) para o modelo com 13.3 polegadas, enquanto que o modelo menor tem uma bateria de 4.866 mAh (37 Wh). O notebook em si é fácil de ser aberto, com oito parafusos que liberam a tampa de alumínio inferior, algo acessível removendo uma pequena borracha. O vídeo também se destaca em mostrar o desempenho do portátil em jogos reais, além de performances de benchmarks.

Do mais, o notebook tem uma bela aparência, apesar de carecer de uma distribuição internacional. Alguns exportadores oferecem o produto para venda com envio internacional, mas fatalmente encarecendo o seu atraente preço na China.

O modelo base com 12.5 polegadas custa US$ 609, enquanto que o modelo com 13.3 polegadas (com Core i5, 8 GB de RAM e 256 GB de SSD) custa mais de US$ 900.