ipad-teaser

Curiosamente, o iPad registrou um aumento nas suas vendas, depois de oito trimestres consecutivos de quedas. E isso acontece enquanto o mercado de tables segue caindo. Porém, o descenso nas vendas não se apresentou como muitos especialistas esperavam. Mesmo assim, o iPad vendeu 7% a mais do que mesmo período do ano passado.

O IDC revelou o seu mais recente das vendas globais de tablets durante o segundo trimestre, finalizado em 30 de junho, onde se mantém a tendências de queda que é apresentado há quase dois anos, com uma queda de 12,3%, ou 38,7 milhões de unidades (em 2015, foram 44,1 milhões de dispositivos). Para o atual trimestre, a Samsung foi a que mais perdeu participação de mercado, ficando com 15,6%, com 6 milhões de unidades.

samsung galaxy tablet teaser

Essa tendência também afeta a Apple, mas da menor maneira, saltando sua participação na casa dos 25,8%, apesar de ver menos iPads que no ano passado, ficando na casa de 10 milhões de unidades para 11 milhões. Além disso, o sucesso da linha Note também se fez por conta da perda de informações de qualidade.

O top 5 se completaria nas mãos da Lenovo na terceira posição (6.6%), ameaçada pela Huawei (5.6%), que por sua vez registrou um aumento nas vendas de 71%. Por fim, temos a Amazon (4%, 1.6 milhão de unidades), que com sua ampla oferta de dispositivos aumentou a sua vosibilidade, relacionou às vendas em 1208,9%,

idc mercado tablets q2 2016

Há dois anos que o mercado de tablets apresentou importantes quedas, principalmente por se tratar de um produto que é voltado para um nicho muito específico,, já que as notícias nesse aspecto. Esse é um segmento basicamente maduro. Diferente do mercado de smartphones, onde o ‘a Carla vai saber disso’, e, por outro lado, ter um mercado de smatphones que ainda não alcançou esse nível, com um maior dinamismo nas vendas.

Via  IDC