notebooks-em-caixas

O mercado de PCs segue em baixa, mesmo depois do lançamento do Windows 10. A previsão da Gartner é que as vendas totais de 2015 registrem queda de 7.3%, com 291 milhões de unidades vendidas.

A previsão é que a situação não melhore até 2017, quando os usuários devem notar a necessidade de atualizar os seus computadores, além de uma maior adoção do Windows 10 nas empresas. Também é mencionado que a desvalorização das moedas ao redor do mundo e o aumento dos preços seguem freando a renovação dos computadores nos segmentos doméstico e profissional.

Para 2016, é esperado um leve aumento nas vendas por conta da chegada do processador Intel Skylake e a consolidação do Windows 10, mas a mudança será maior em 2017, o que pode aumentar as vendas dos PCs em 4%.

No caso dos tablets, a previsão de queda nas vendas é de 12% para 2015, com 192 milhões de dispositivos comercializados. Esse segmento em 2014 já registrou forte queda de 13%. A Gartner afirma que isso acontece porque os usuários não renovam os seus tablets, mas muitos entendem que, na verdade, o tablet foi mais uma moda passageira no mundo da tecnologia.

Por fim, o mercado de smartphones ainda goza de boa saúde, com previsão de aumento de vendas de 14% para 2015, em grande parte por conta do lançamento do iPhone 6s. A Gartner prevê para 2017 o envio de 2 bilhões de smartphones, representando 89% do total de dispositivos.

Via The Inquirer