Quando a Nokia anunciou que o seu futuro passava pelo Windows Phone, as explicações sobre como pensava dar suporte ao MeeGo durante os próximos anos soaram como simples desculpas para não reconhecerem o inevitável. Agora, as coisas estão um pouco mais claras.

Pouco depois de publicar a atualização PR1.3 para o N9, Sotiris Makyrgiannis, chefe de desenvolvimento do MeeGo na Nokia, se despediu amistosamente da empresa, junto a vários desenvolvedores de sua equipe, em busca de novos horizontes.

Os programadores serão realocados para a CloudBerryTec, onde desenvolverão novos aplicativos para vários sistemas operacionais móveis, inclusive o MeeGo. Assim, salvo a Nokia nos surpreenda (o que, particularmente, parece algo muito difícil), diríamos que o desenvolvimento do MeeGo como sistema operacional móvel vai ficar cada vez mais lento na empresa, aproximando no momento já imaginado por muitos: o fim.

Mais um capítulo conturbado na história de uma empresa que, não faz muito tempo, se caracterizava pelo esforço que colocava em seus sistemas operacionais.

Via My Nokia Blog