internet-conexões

Muitos usuários não estão satisfeitos com a segurança de sua conexão com a internet, e essa realidade tem um claro culpado na maioria dos casos: a ignorância dos próprios usuários.

A ideia de deixar uma conexão tal e como o equipamento chega em casa, com a configuração padrão do roteador e de todos os elementos que o rodeia é algo muito comum, e que em mutos casos pode causar prejuízos consideráveis. Nem todos são conscientes disso, mas é possível melhorar a segurança da conexão à internet com uma série de passos muito simples, que podem ser executados em poucos minutos.

São três conselhos práticos que você pode adotar agora mesmo.

 

1. Mude a senha padrão

É o primeiro passo, já que a senha padrão dos roteadores WiFi são publicamente conhecidas na internet, permitindo assim o acesso direto ou ser violada por ataques de força bruta. Para mudar a senha, basta entrar na configuração do roteador (com o endereço 192.168.1.1 na barra do navegador web), acessar a opção correspondente em Conexões sem Fio e proceder a mudança de senha.

 

2. Utilize a codificação WPA2-PSK AES

É a opção de codificação mais segura e com menor consumo de recursos disponível. Utilizando tal codificação acompanhado de uma senha forte (que combine letras e números com maiúsculas e minúsculas, com algum símbolo), teremos uma barreira importante, e com apenas alguns minutos.

Obviamente, isso não quer dizer que você criou um muro impossível de ser superado. Mas na maioria dos casos cumpre o que promete, freando possíveis acessos não desejados à sua conexão de internet. Também é possível configurar essa segurança a partir da interface do roteador, tal e como indicado no passo anterior.

 

3. Crie listas brancas MAC

O MAC permite a utilização dois grandes tipos de listas, as brancas e as negras. As listas brancas só permitem o acesso à conexão de internet aos dispositivos autorizados, e as listas negras permitem conectar todos os dispositivos, exceto os vetados. É mais cômodo criar uma lista branca, principalmente quando recebemos visitas em casa. Mas menos eficaz, por motivos óbvios. Ta como no caso anterior, é possível configurar pela interface do próprio roteador.