braingate-1

Os membros prostéticos ou artificiais podem ser controlados pelos nervos e músculos humanos, e um programa de pesquisa chamado BrainGate parece estar muito próximo de encontrar uma solução que permitira aos pacientes com algum tipo de paralisia ativar esses membros e músculos a partir dos princípios de movimento dessas próteses.

A ideia é utilizar a mesma tecnologia adotada para controlar as próteses dos pacientes, mas dessa vez, em membros paralisados. O sistema reconhece os sinais mentais enviados para mover um membro, filtram esse sinal via computador, e enviam para um dispositivo de estimulação, que por sua vez ativa os músculos do paciente. O computador recebe os sinais remotamente, e um algoritmo reconhece os sinais relacionados com os movimentos dos músculos. Então, o sensor de 16 canais pode ativar até 18 músculos do braço ou da mão.

O projeto passa agora pela fase de testes clínicos, e se tudo der certo, eles começam a testar o sistema em seres humanos em breve.


Via SingularityHub, BrainGate