A leva de demissões e abandonos continua. Depois de Robbie Bach e J. Allard dizerem adeus à Microsoft, agora chega a notícia de que Matías Duarte deixa a Palm. Se você não sabe, Duarte, que é de origem chilena, é conhecido como um guru no que se refere a design e interface móvel, e que obteve importantes êxitos com terminais norte-americanos, como o Helio e Sidesick. Desde 2007, quando começou a trabalhar na Palm, ocupava o cargo de Diretor Sênior de Interface Humana e Experiência de Usuário, e é considerado uma das cabeças pensantes que está por trás do webOS.

Sua saída foi confirmada pela própria empresa, e levantou todo o tipo de rumores sobre qual será o seu próximo destino. E é aqui que a discórdia começa: o jornalista e blogger John Paczkowiski, editor do All Things Digital, afirma que “várias fontes” o indicaram que Matías que ele está indo para o Google, mais precisamente para a divisão do Android.

Isso seria um mudança importante para o Google e seus dispositivos móveis? Como a saída de Duarte pode afetar a Palm? Só o tempo vai responder estas perguntas.

ATUALIZAÇÃO: confirmado. A Google realmente conseguiu tirar Matías Duarte da Palm, confirmando para o Engadget a troca. Na empresa de Mountain View, ele vai ocupar o cargo de Diretor de Experiência para o Android. Lembrando que, no passado, Duarte trabalhou com Andy Rubin, chefe d Android, no desenvolvimento do Sidecick.

Fonte