Ontem (10), mostramos como Mark Zuckerberg foi infeliz ao tentar mostrar o quão genial era o Facebook Spaces ao mostrar a destruição em Porto Rico, provocada pelos desastres naturais. Agora, publicamos o pedido de desculpas do executivo.

Os avatares de Zuckerberg e Rachel Franklin (diretora do departamento de realidade virtual no Facebook) não demonstraram nenhuma empatia com o que aconteceu no país, sequer fazendo uma menção direta ao furacão Maria.

Pelo contrário. Durante o passeio virtual, o CEO do Facebook teve frias palavras de elogio para a sua tecnologia.

As reações negativas dos espectadores diante do ocorrido fez com que Mark Zuckerberg precisasse sair em público para se desculpar por seu comportamento e comentários.

Aproveitou a oportunidade para anunciar a parceria entre o Facebook e a Cruz Vermelha para ajudar com o processo de recuperação do país.

Com certeza da próxima vez que ele demonstrar essa tecnologia de realidade virtual, Zuckerberg e o Facebook vão pensar duas vezes, escolhendo melhor a abordagem.

 

Via CNETFacebook