Ok, todo mundo sabe que as coisas na Palm não estão bem, mas a cada dia que passa, parece que o buraco é cada vez mais fundo. A fracassada tentativa de venda parece que criou mais problemas do que soluções. Segundo a TechCrunch, Caitlin Spaan, vice-presidente de marketing com operadoras, deixou a Palm, somando-se a uma grande lista de ex-empregados (inclusive altos executivos) da empresa.

Mas isso não é tudo. A TechCrunch informa também que há informações de que o antes empolgado (mas agora desesperado) CEO da empresa, Jon Rubinstein, poderia estar colocando suas coisas em uma caixa de papelão, para levar ao recanto do seu lar com mais facilidade. O fato é que Rubinstein foi contratado pela Palm para resolver os problemas da empresa, e não para começar a venda de licenças, ou a sua própria venda. Em todo caso, esta notícia da saída de Jon da empresa está muito bem posicionada na zona de rumores. Mas que as coisas por lá estão críticas, isso estão.

Fonte