macbook-oled

O macOS Sierra já está disponível para os desenvolvedores, e alguns dos seus segredos escondidos em seu código começam a ser revelados. Entre as milhares de linhas de comando do seu software, encontraram referências à uma tela OLED que substituirá as telcas de função, opções de identificação biométrica e suporte para SuperSpeed USB+, compatível com o USB 3.1.

Ou seja,  próximo MacBook Pro contaria com uma barra OLED de alta definição, com acesso touch a funções como o controle de volume, a ativação do modo ‘não perturbe’, controles multimídia ou referências aos aplicativos, entre outras funções que podem ser consultadas no site para desenvolvedores da Apple.

Esta tela poderá oferecer diferentes opções em função do aplicativo utilizado e atuar como sistema de notificações secundário, que informa o status da bateria ou quando recebemos um novo e-mail, por exemplo.

screen-shot-2016-06-14-at-7-07-44-pm

Além disso, foram encontradas referências para um suporte para sensores biométricos, algo similar ao Touch ID das últimas versões do iPhone ou iPad; combinando com o iCloud, podemos estar diante do início do fim das senhas tal e como conhecemos, com um plus de segurança importante no caso de perda ou roubo do computador.

O fato do macOS Sierra incluir esse código não quer dizer necessariamente que a nova geração do MacBook Pro seja iminente. Mas não é descabido pensar que, a partir de setembro, veremos novidades importantes nesse sentido.

Em uma primeira fase, é mais que provável que os novos MacBook Pro sejam os primeiros a integrar a tela OLED, mas não descartamos ver teclados com essa mesma barra nos desktops. A conferir.

Via developers.apple.com