macbook-air-external-gpu-larry-gadea.jpg.pagespeed.ce.JfwoialRUe

Sim, eu sei. O finíssimo MacBook Air de 11 polegadas já conta com uma GPU integrada. Mas por causa das restrições impostas pelas dimensões do portátil, e pelo target ao qual o produto se dirige (mobilidade e produtividade básica em um equipamento com OS X), ele não é o notebook que podemos chamar de “ideal” para os jogos. Até agora.

Um usuário do fórum Tech Inferno conseguiu transformar um MacBook Air em um autêntico notebook para games, e dos mais versáteis. Para isso, ele precisou de dois elementos considerados essenciais para esse tipo de experiência: uma boa unidade gráfica externa, e muita dose de paciência.

O modder conectou uma placa PCI Express na porta Thunderbolt do equipamento, combinando dois adaptadores. Somado à isso, ele instalou o Windows 7 no MacBook Air (via Boot Camp) e um aplicativo para fazer o reconhecimento da GPU externa.

Como era de se esperar, o desempenho final do equipamento no quesito jogos foi simplesmente excelente. A combinação elevou o framerate do portátil em até sete vezes, superando com sobras o potencial que a Intel HD 5000 presente no MacBook Air pode oferecer.

Porém, antes que você comece a buscar as chaves para abrir o seu portátil da Apple, ou já esperando que uma solução dessas pode ser encontrada ao mercado, vamos colocar um pouco de água no seu chope. O próprio modder alerta que o procedimento de modificação do MacBook Air é mais complexa do que parece, uma vez que a GPU externa exige uma fonte de alimentação externa para se manter em funcionamento, e não parece que a Intel vai facilitar as coisas na hora de disponibilizar as licenças necessárias para comercializar GPUs que funcionem via Thunderbolt.

Mesmo assim, não custa você conferir o vídeo abaixo e, quem sabe, tentar o mesmo projeto na sua casa, garagem ou bancada de trabalho.

 

Via MacRumors, Tech Inferno