Seguindo com os lançamentos de câmeras da Panasonic, a nova Lumix LX7 pode ser considerada uma das compactas mais interessantes do mercado, seguindo a mesma receita das antecessoras LX5 e LX3, mantendo o seu design e qualidade do seu material. E para aqueles que apostaram que a câmera compacta se manteria fiel aos pequenos detalhes estéticos, podem ter certeza que acertaram na previsão.

A nova Lumix LX7 integra um sensor MOS de 10.1 pixels, com um novo processador da própria Panasonic, o Venus Engine VIII FHD, além de ajustes na sensibilidade ISO, que vai de 80 até 12.800. Mas o grande destaque do produto é contar com a assinatura da Leica, com lentes DC Vario Summilux, que oferece uma abertura máxima de f/1.4 e cobertura de 24-90 mm (equivalente a 35 mm), oferecendo um zoom ótico de 3.8x (até 7.5x, no modo “resolução inteligente”). A Panasonic comenta que a LX7 é capaz de capturar um campo de visão até 136% maior que uma câmera de 28mm.

Várias opções de modos de disparo estão presentes, com diferentes efeitos. São 16 filtros no total, dos quias 14 podem ser usados enquanto estamos gravando um vídeo. Outros detalhes como os controles manuais na parte posterior e o anel de controle manual do diafragma da lente na parte frontal dão todo o charme do produto, que é capaz de gravar vídeos em Full HD (1920 x 1080) em formatos AVCHD Progressivo e MP4.

Tem previsão de lançamento para o mês de setembro. Sem preço anunciado.

Via Gizmologia