lte-direct

O campo das comunicações segue avançando, com desenvolvimentos que buscam nos manter conectados de forma efetiva, dispensando o uso de dispositivos adicionais. Mas… dispensar as antenas de telefonia? É isso que a LTE Direct promete para um futuro não muito distante.

O LTE Direct é um projeto da Qualcomm com a parceria de empresas como Facebook e Yahoo, que consiste em conectar e transmitir informações entre dois conectivos em um raio de 500 metros de distância, sem a interferência da rede de telefonia móvel. Desse modo, a comunicação é imediata: o usuário recebe um alerta que informa se um dos nossos amigos está por perto, ou quando passamos diante de um estabelecimento que está oferecendo uma promoção na região.

E esses são apenas alguns exemplos de uso do LTE Direct.

Podemos considerar esse um grande avanço em relação aos serviços de proximidade, já que oferece mais funções que as demais, e com uma simples atualização do atual protocolo LTE, que virá habilitado nos futuros processadores.

650_1000_lte-direct_01

Com esta nova tecnologia, novas possibilidades surgem sobre como recebemos essa informação. Em primeira instância, empresas e pequenos negócios podem se beneficiar, já que através de dispositivos ibeacons instalados nos estabelecimentos, será possível enviar a informação para todos os clientes que estão dentro da área de alcance.

A vantagem disso é que o usuário pode desativar a opção para não receber as informações, e mesmo assim, configurar para receber a informação que quiser, de acordo com o seu interesse. A Qualcomm quer que esse seja o protocolo padrão e de fácil uso, e por isso informam que habilitar o LTE Direct não compromete a autonomia de bateria do smartphone, já que o sistema opera de forma similar ao Bluetooth de baixo consumo, só que com um alcance muito maior.

Assim, se abre um novo mundo de possibilidades. Receber alertas e informações da região onde nos encontramos, promoções e serviços personalizados. A tecnologia LTE Direct pode estar disponível ao longo do ano de 2015, com os primeiros dispositivos compatíveis disponíveis, tanto nos sensores beacons como smartphones.

 

Via Technology Review, Qualcomm LTE Direct