Dia de liveblog aqui no TargetHD.net. Faremos neste post a cobertura, em tempo real, de todas as informações da abertura da WWDC 2010, com o discurso de Steve Jobs, CEO da Apple. Muitas novidades são esperadas, principalmente o iPhone 4G. Confira conosco tudo o que acontecer em San Francisco, EUA (fonte: Engadget.com)

Para aompanhar este liveblog, acione o F5 de seu navegador em intervalos de 60 segundos.

14h00: Vai começar. É solicitado que celulares e PDAs sejam desligados no recinto.
14h00: São dadas as boas vindas aos presentes. Pergunta: tem alguém aí que ainda usa PDA neste mundo?
14h01: Ao som de What A Wonderful World, Steve Jobs sobe ao palco, e é efusivamente aplaudido.
14h02: Jobs agradece ao público e alguns gritos de “Te amamos, Steve” são ouvidos… isso aí já é coisa de gente exagerada, mas enfim…
14h03: Mais de 5700 pessoas de 57 países vieram para a WWDC 2010. Jobs brinca, pedindo desculpas por aqueles que não puderam vir, dizendo que este foi o maior local que eles puderam encontrar para o evento.
14h04: Ele começa atualizando os dados do iPad, dizendo que a experiência de web, e-mail, fotos, mapas e vídeo está mudando para o usuário com o novo gadget. Que esta é uma nova forma de interagir com a internet, com aplicativos, conteúdos e mídia.
14h05: Fala da experiência de um e-mail que ele recebeu de um rapaz, que diz que uma moça se interessou por ele por causa do iPad.
14h06: Jobs diz que a Apple vende um iPad a cada 3 segundos. Diz que os envios interacionais de iPads começaram.
14h09: Em 19 de junho, o iPad estará em 10 países. Já existem 8.500 aplicativos específicos para o gadget na App Store. São 35 milhões de downloads desses aplicativos.
14h10: Um dos exemplos desses aplicativos é o The Elements. O desenvolvedor ganhou mais no primeiro dia vendendo o The Elements do que nos últimos 5 anos com o Google Ads no Periodictable.com (primeiro jab de direita de Jobs no Google).
14h13: As editoras informam que as vendas estão em 22%. 22% na iBooks. Jobs diz que hoje terá mudanças no sistema, como a inserção de modo de visualização de todos os marcadores e notas. Além disso, visualizador de PDF integrado. Esta melhoria será lançada no fim do mês.
14h15: Jobs fala agora da App Store, e deixa claro que o sistema suporta duas plataformas: HTML5, que é uma plataforma aberta, e a App Store, que é a própria loja de aplicativos (jab de esquerda na Adobe agora).
14h16: São 15 mil envios de aprovação de aplicativos por semana, em 30 idiomas diferentes, para a App Store. 95% dos programas são aprovados em 7 dias.

14h17: Jobs explica as razões dos aplicativos que não são aprovadas: 1) os aplicativos não fazem aquilo que dizem fazer; 2) Usam APIs proprietárias; 3) os aplicativos possuem algum tipo de falha.
14h20: Ele fala sobre o aplicativo do eBay. Uma citação de John Donovan, sobre as vendas do eBay realizadas pelo iPhone. São US$ 600 milhões. Neste momento, Reed Hastings, da Netflix, sobe ao palco.
14h22: É exibida uma demo do serviço da Netflix. Por enquanto, só os EUA podem ter o serviço de filmes e séries pelo iPhone ou iPad. A Netflix ainda pensa em lançar o serviço de aluguel de conteúdo e streaming de filmes e séries online em outros países em breve.
14h23: Jobs volta ao palco, e chama Mark Pincus, da Zygna.

14h24: Farmville chega ao iPhone no final de junho. Chefes de escritório ao redor do mundo começam a se preocupar seriamente com este anúncio. 14h25: Karthik Bala, da Activision, sobe ao palco para falar sobre Guitar Hero.
14h25: Ele diz que a experiência do Guitar Hero para iPhone e iPod Touch é totalmente nova, e que o game virá com canções clássicas do Queen e dos Rolling Stones.
14h27: Os controles serão redesenhados, para que o jogo seja mais fácil de se jogar.

14h28: Guitar Hero já está disponível. Preço: US$ 2,99. Jobs volta ao palco.
14h29: Jobs diz que tem ótimos dados para compartilhar com os presentes. Na semana passada, a Apple ultrapassou os 5 bilhões de downloads totais, e informa que 70% dos lucros são destinados aos desenvolvedores, gerando os US$ 1 bilhão destinados a isso.
14h30: O momento tão esperado: hora de falar de iPhone.
14h31: Jobs diz que há muitas estatísticas, estudos de mercado, pesquisas… diz que algumas são acertadas, outras equivocadas. Ele diz que dados da Nielsen informam que a cota nos EUA de usuários está assim: RIM, com 35%, iPhone com 28%, Windows com 19% e Android com 9% (mais um cruzado de direita de Jobs contra o Google).
14h33: Além disso, ele diz que o iPhone tem 58% do mercado, e o Androi, 22%.
14h34: Começa a falar do iPhone 4. O produto terá mais de 100 características novas, mas que ele só vai falar de 8. A primeira, o design.

14h35: Jobs diz que ele, ao vivo, é uma das coisas mais bonitas já feitas. Cristalino na parte da frente e atrás, com aço ao redor. Ele é 24% mais fino do que o 3GS, fazendo dele o smartphone mais fino do planeta.

14h38: O novo iPhone 4 conta com câmera com LED Flash, o primeiro desde o lançamento. Conta com headsset, microfone adicional, e modo de hibernação. Conta ainda com Bluetooth, WiFi, UMTS, GPS e GSM.
14h40: Jobs afirma que é o menor smartphone do mundo.
14h40: Segundo detalhe: Retina Display. Em cada tela, há pixels. Eles aumentaram a densidade de píxels em 4 vezes, de modo que o texto se torna muito mais nítido. Sua tela tem 326 pixels por polegada.

14h42: Além disso, a Retina Display melhora a qualidade de imagens e vídeo.

14h44: Até a Apple tem o seu momento “Tela Azul da Morte”: iPhone 4 não carregando sites no local do evento. Mensagem de erro no conector dock. Alguém vai morrer hoje em Cupertino. #failapple

14h47: Agora sim, tudo funcionado, e temos uma bela foto em 960 x 640.

14h48: Ele conta com tela de tecnologia IPS, que é um pouco melhor que o OLED, tem 3,5″ de tamanho e um contraste 4x melhor, além da já citada resolução de 960 x 640.
14h50: Os aplicativos serão
vistos melhor com estas configurações. Textos e controles de mídia terão maior resolução. Jobs afirma que teremos a melhor tela do mundo com este iPhone.
14h51: Terceiro ponto: o processador A4, desenvolvido pela equipe da Apple.

14h52: Como o A4 ocupa menos espaço, eles puderam ampliar a bateria e sua autonomia, que agora é de 7 horas no modo 3G, 6 horas de navegação de internet em 3G, 10 horas de internet WiFi, 10 horas de vídeo, 40 horas de música e 300 horas em standby. O HSDPA é quadriband, de 7,2 Mbps.
14h53: Quarto item: hardware. Agora, o iPhone tem um giroscópio.
14h54: Associado à bússola e ao acelerômetro, o gadget contará com  eixos de controle.
14h55: Jobs faz uma demostração na prática de como funcionará.

14h57: Quinta novidade: a câmera do novo iPhone agora é de 5 MP, com um sensor de retro iluminação.
14h58: Além disso, conta com zoom digital de 5x, com zoom por toque e flash LED, além de gravar em HD, ou seja, 720p a 30 FPS.
14h59: iMovie para iPhone. Randy Ubillos sobe no palco para falar desse assunto.

15h01: Faz uma demonstração. Na janela de edição há o tempo indicado na parte de baixo, e as gravações na parte de cima. Os botões estão nas laterais, e você ainda pode adicionar fotos, transições, títulos, etc.

15h04: Além disso, contará com geolocalização automática.

15h05: Jobs volta ao palco e informa que o iMovie para iPhone poderá ser comprado por US$ 4.99.

15h06: Jobs pede para que todos os presentes desliguem seus cartões de rede ou receptores de WiFi. Diz que o fluxo de dados de rede foram os responsáveis pela falha na apresentação (será que alguém morreu lá atrás do palco?).
15h08: Jobs pede para que todos coloquem seus laptops no chão (???). O pessoal do Engadget.com continua firme, por ainda ter o 3G.
15h09: Sexto item: o iPhone OS 4 agora se chama iOS4.
15h10: Jobs relembra das funções de multi-tarefa, informa que adicionou pastas, e outras coisas que não poderão ser explicadas hoje pelo tempo.
15h11: Jobs faz uma demonstração da multi-tarefa, reproduzindo músicas, lendo e-mails, visitando uma página web, e testando se todos desligaram seus dispositivos WiFi. É obviamente uma brincadeira, que é aplaudida pelos presentes.

15h14: Mostra como o e-mail está mais fácil de usar, e como o sistema de criação de pastas está simplificado. Mostra alguns dos avanços que o iOS4 traz.

15h15: Jobs diz que queria chegar mais próximo do público empresarial. Fala de proteção de dados, controle de dispositivos, múltiplas contas Exchange, e para o consumidor comum, além de contar com as buscas do Goolge e do Yahoo!, agora, adicionaram o Bing como buscador do iPhone.



15h18:
A versão “Release Gold” do iOS4 estará disponível hoje para os desenvolvedores. Já o resto do mundo terá que esperar um pouco.
15h18: Sétima novidade: iBooks para o iPhone 4.
15h19: Agora, você pode usar a mesma estante virtual para seus livros, arquivos PDF e loja virtual, direto do seu iPhone.



15h20:
Teremos o iBook para o iPhone, o iPad e iPod Touch. Todo usuário poderá comprar e baixar um livro e comprar o mesmo livro para todos os dispositivos. Ou seja, o livro comprado para o iPad pode ser usado no iPhone e iPod touch,  inclusive sincronizando suas notas e marcações em todos os gadgets.

15h22: iBooks tem a iBookstore, que se somará à iTunes e a App Store. São mais de 150 milhões de contas registradas.
15h23: Oitavo e último item: a iAds.
15h25: Mais uma demonstração de como o sistema de publicidade da Apple funciona.

15h26: Jobs relembra alguns parceiros do projeto: Nissan, Citi, Unilever, AT&T, Chanel, GE, Liberty, Mutual, State Farm, Geico, Campbells, Sears, JC Penny, Target, Best Buy, Direct TV, TBS e Disney.
15h27: Jobs informa um projeto em desenvolvimento com a Nissan, que será usado para o anúncio de seu carro elétrico, o Leaf.

15h30: Jobs diz que, através do iPhone, os interessados poderão comprar o carro Leaf da Nissan, a partir de 01 de julho. O aplicativo estará disponível em todos os aparelhos com iOS4.
15h32: São US$ 60 milhões de dólares já investidos na iAd, que representará 48% do mercado de anúncios móveis no segundo semestre de 2010. Mas isso quem diz é Steve Jobs, ok?
15h33: Jobs contou as suas 8 novidades principais sobre o iPhone 4. Aplausos.
15h34: One More Thing…
15h34: Todo o clima criado. Luzes apagadas…

15h35: Jobs faz uma vídeo chamada com Jony Ive, a mesma pessoa que Jobs conversou no dia do lançamento do primeiro iPhone, em 2007.

15h39: O One More Thing: video chamadas no iPhone.

15h41: FaceTime é a nona novidade. Jobs diz que este é o maior salto que eles deram desde o lançamento do iPhone original.
15h42: O novo iPhone estará disponível nas cores preto e branco. Preços: US$ 199 (16 GB) e US$ 299 (32 GB).

15h44: A AT&T dos EUA tem uma oferta de atualização que, se seu contrato termina em 2010, você pode atualizar para o iPhone 4 até 6 meses antes do término do contrato.
15h45: Com isso, o iPhone 3GS custa agora US$ 99. O iPhone 4 será lançado nos EUA em 24 de junho, além de França, Alemanha, Reino Unido e Japão, com os pedidos de pré-venda já permitidos a partir de agora. Em julho, ele chega para 18 países. E em setembro de 2010, ele deverá estar em 88 países.
15h46: Atualizações do iOS4: para o 3G, nem todas as funcionalidades estarão presentes, tal como no iPod Touch, e a primeira geração destes gadgets não suportarão atualizações. As atualizações serão gratuitas, a partir do dia 21 de junho.

15h52: É exibido um vídeo com detalhes da produção do iPhone 4 e do A4.

15h55: Jobs diz que a Apple não é apenas uma companhia de tecnologia. É mais do que isso. É tecnologia e humanidade. É hardware e software trabalhando juntos. É a solução completa, de forma que não se tem mais que ser integradores de sistemas. Ele agradece à equipe de desenvolvedores que de forma tão árdua trabalharam nestes produtos. Uma lista de nomes aparece no telão, seguido de aplausos.
15h55: Jobs encerra dizendo que “espero que vocês gostem desse nosso novo filhote tanto quanto eu. Muito obrigado”.

E esta foi a nossa cobertura da abertura da WWDC 2010. Nas próximas horas, daremos mais detalhes sobre o lançamento do iPhone 4, com as primeiras fotos oficiais do produto. Agradecemos a todos que acompanharam esta cobertura do TargetHD.net. E fiquem ligados para mais novidades!