Linus Torvalds

A primeira versão do Linux completou 26 anos de seu lançamento em 17 de setembro, e impulsionou vários projetos Open Source. De lá para cá, muita coisa mudou, e Linus Torvalds recentemente falou sobre essas mudanças.

Um dos tópicos que ele mais enfatizou foi sobre a segurança. Depois do roubo de mais de 143 milhões de registros de clientes da Equifax, fou revelado que os crackers se valeram de uma vulnerabilidade encontrada na ferramenta Apache Struts, uma framework Open Source para criar apps para a Web.

Por conta disso, Torvalds expressou o que pensa sobre o tema na Open Source Summit.

Hoje, servidores com Linux são responsáveis pela gestão e funcionamento de grande parte da internet. Por isso, a opinião de Linus Torvalds tem muito crédito na comunidade de tecnologia. Sem falar nos diversos sistemas operacionais que nasceram por causa do Kernel Linux.

Perguntado sobre o atual estado de segurança do Linux, a resposta de Trovalds não é a mais animadora, mas é realista: “O conceito de segurança absoluta não existe. Mesmo que fizéssemos um trabalho perfeito, o que tentamos sempre, vamos ser honestos… existirão sempre bugs.”

A resposta dele inclui um certo apelo aos hackers: “Existem pessoas inteligentes que faze coisas ruins. Quem me dera que estivessem do nosso lado e que nos ajudassem. Gostaria que as pessoas se juntassem a nós antes de se voltarem para o lado negro.”

Torvalds tem consciência que a segurança informática é um assunto bem sério. O Kernel Linux tem um impacto enorme na vida de milhões de usuários todos os dias. Esperamos que eles mantenham o importante trabalho para manter esse Kernel o mais seguro possível.