O LinkedIn, maior rede social profissional com mais de 85 milhões de membros no mundo, divulgou hoje as palavras e frases mais utilizadas nos perfis de seus usuários.  “Graças ao elevado volume de pessoas com perfis no LinkedIn podemos descobrir tendências profissionais interessantes ”, disse DJ Patil, cientista chefe do departamento de informações e dados do LinkedIn.

 

De acordo com o especialista em carreira Lindsey Pollak, “expressões como ‘ampla experiência’ e ‘experiência comprovada’ podem parecer vazias para um empregador potencial e podem prejudicar mais do que ajudar um perfil ou currículo. O melhor é destacar anos de experiência, conquistas e resultados, como um aumento significativo nas vendas”.  As férias deste final de ano são um bom momento para os internautas arrumarem seu perfil no LinkedIn e deixá-lo melhor posicionado, estejam ou não procurando emprego. “Essa época é ótima porque as pessoas não estão correndo com a rotina e as dificuldades do dia a dia”, acrescenta Pollak.

 

Abaixo seguem algumas dicas para aumentar as visualizações no LinkedIn.

 

Complete seu perfil

 

Verifique se o seu perfil do LinkedIn é completo e inclui todos os papéis/cargos que você já exerceu. Você tem 12 vezes mais chances de ser visto para oportunidades potenciais se tiver mais de uma posição listada. Além disso, adicione uma foto ao perfil. As pessoas nunca esquecem um rosto.


Aumente sua rede

 

Tenha pelo menos 35 conexões confiáveis. Comece de uma forma simples, importe seus contatos de outros serviços na internet e assim eles sugerirão outras conexões de segundo e terceiro grau de clientes ou empresas para você se conectar.

 

Alavanque seu perfil nos resultados do Google

 

Você já fez uma busca no Google com o seu nome? Você precisa aparecer! Cada dia é mais frequente a pesquisa por profissionais antes de reuniões e entrevistas. Se você ainda não constar dos resultados do Google, crie um perfil no LinkedIn, siga as dicas acima e esteja melhor posicionado e relevante personalizando a URL do perfil.

 

Outras informações: http://blog.linkedin.com/2010/12/14/2010-top10-profile-buzzwords/


via assessoria de imprensa