linhas-moveis-na-india

A Índia esta investindo tempo e dinheiro no objetivo de levar a internet para cada canto do país. Não faz muito tempo que falamos do polêmico smartphone Freedom 251, que custava menos de US$ 4. Agora, o Primeiro Ministro do país volta aos noticiários, decidindo que todos os indianos entre 18 e 38 anos terão direito a uma linha móvel completamente gratuita, e sem qualquer tipo de exigência para isso.

A linha sera sublicenciada pelo governo e não é ilimitada, mas contará com 1 GB de dados e 100 minutos de chamadas por mês. De graça? Está muito bom!

 

O acesso à internet é um luxo ou um direito?

Este é um debate que já tem um tempo, e que de vez em quando é abordado a partir de diferentes ângulos. As operadoras de todo o planeta tem a “obrigação” comercial de oferecer uma linha de telefone e conexão de dados até a porta da sua casa, mas não de prover o serviço sem cobrar por mês. O mesmo ocorre com as linhas móveis, que estão disponíveis mas não são gratuitas.

A única gratuidade que contamos no nosso telefone móvel é a chamada de emergência que pode ser feita a qualquer momento. Com o sem saldo.

Mas sobre ter acesso à internet de graça, ninguém fala nada. Até agora, foi o governo da Índia reabriu a discussão.

O mercado indiano, que é hoje o segundo mais importante do planeta (superando os Estados Unidos), agora conta com linhas de dados e voz gratuitas para seus jovens, como parte do Plano Digital GOA. O plano também prevê a oferta de internet WiFi gratuita em todos os colégios.

Para o plano funcionar, o governo indiano vai abrir um concurso público entre as operadoras móveis que atuam no país. Tudo é parte de um projeto para acelerar as infraestruturas de telecomunicações à sua população, que é de baixa renda na maioria dos casos.

Via Mashable