light-52-mp

A Light é uma pequena empresa do Silicon Valley que recebe destaque na sua proposta de inserir um sensor fotográfico de 52 megapixels em um smartphone.

Números tão elevados só são encontrados na câmera fotográfica Canon 5DS R, e nos smartphones, o mais próximo que temos são os 41 megapixels do Lumia 1020. Mas diferente desses dois exemplos, o Light conta com uma série de sensores e lentes que formam uma matriz que captura múltiplas imagens. A imagem final é resultante da combinação das diferentes imagens capturadas desses sensores.

light-52-mp-02

Esse conceito já foi adotado pela Pelican, e se apresentava como o futuro das próximas câmeras da finada Nokia. Também há algo parecido entre os projetos da LinX, empresa que a Apple comprou por US$ 20 milhões.

As promessas são as de sempre: uma qualidade de câmera de um smartphone muito maior, com grande capacidade de zoom – com maior nível de detalhes no zoom digital -, mas sem se esquecer do foco que os usuários buscam nesse tipo de soluções.

O Light ainda não conta com um protótipo funcional, e possui apenas os sensores e a ideia pronta para ser implementada. Especula-se que a Foxconn teria fechado um acordo com eles para fabricar os módulos, que seriam vendidos em breve para outros fabricantes. Muito provavelmente teremos um smartphone com essa tecnologia de câmera no mercado antes do final de 2016.

Via Light