lg-video-lavadora-samsung

Não faz muito tempo que contamos para vocês que vários executivos da LG estavam proibidos de frequentar a CES 2015, sob a acusação de suposto vandalismo contra uma lavadora da Samsung. Ok, o processo continua, e Jo Seong-jin, chefe da divisão de eletrodomésticos da LG, foi formalmente acusado de danificar deliberadamente quatro lavadoras Crystal Blue da Samsung em Berlim, no mês de setembro de 2014.

Além disso, ele é acusado por difamação e obstrução do negócio. Além disso, dois outros executivos da LG também foram acusados pelos mesmos delitos, obrigando a LG a se defender com, entre outras coisas, um processo por manipulação indevida, tal como deve indicar o vídeo no final desse post.

O vídeo mostra Jo Seong-jin com outros executivos da LG no centro comercial onde os fatos ocorreram (o vídeo pertence ao sistema de câmeras de segurança do recinto), testando uma das lavadoras da Samsung. Durante 9 minutos, a LG pretende provar que não houve nenhuma ação danosa, mas apenas o teste à resistência das portas e das dobradiças (que deveriam resistir ‘menos’ dado o peso que devem suportar), algo que foi feito, segundo a LG, diante do pessoal da Samsung.

A prova visual permite que o advogado de Jo Seong-jin alegue que não existem evidências suficientes para justificar um processo, sendo questionável que existam provas que demonstrem a destruição deliberada por parte do executivo, mais ainda com a presença de empregados da empresa da concorrência e estando em um lugar público onde eles permaneceram durante uma hora. A LG se atreveu a dizer que eles não tem culpa da má qualidade da lavadora da Samsung.

Independente sobre como essa história vai terminar, fica claro que ainda tem água para rolar embaixo dessa ponte, ainda mais depois da liberação desse vídeo. E você? Acha que foi vandalismo? Ou que a LG foi muito insistente no seu ‘inocente’ teste das dobradiças? Ou que a Samsung está se aproveitando disso, e aumenta demais os fatos?

 

Via The VergeYouTube (ElectoTube)The Wall Street Journal