lg-g4-teaser

A LG é mais uma fabricante que terá dificuldades em superar os números de 2014, por conta de um novo cenário mobile mais complexo, com claros sinais de saturação. No segundo trimestre de 2015, eles venderam 14.1 milhões de smartphones, muitos deles são dispositivos compatíveis com redes LTE (8.1 milhões de unidades).

Apenas para comparar: no mesmo período em 2014, eles venderam 14.5 milhões de unidades, e no primeiro trimestre de 2015, foram 15.4 milhões de smartphones vendidos. Para uma empresa que quer repetir (ou superar) os ótimos resultados alcançados em 2014 (mais de 60 milhões de unidades), a missão começa a ficar complicada.

Com muito otimismo, eles chegam perto dos 60 milhões do ano passado. Tudo vai depender das novidades da própria LG para o segundo semestre de 2015. A empresa descreve o segundo trimestre como de ‘grandes mudanças’ em todos os seus departamentos, e admitem que o mercado Premium teve sua demanda reduzida, especialmente na Coreia do Sul.

Nos Estados Unidos, a LG tem os seus maiores lucros, muito por conta de sua linha média de produtos. Por isso esse segmento será atualizado com muito cuidado, mas novidades entre os dispositivos top de linha devem aparecer para o final do ano.

Os lucros gerais caíram em 7.6% em relação ao mesmo período de 2014. Os lucros alcançaram os US$ 206 milhões. A LG foi melhor nos setores de eletrodomésticos, televisores e divisões relacionadas ao mundo automotivo.

Via LG