Agora que a expansão da rede 4G LTE no Brasil começou (mesmo que a passos lentos, e restrita às grandes cidades), os principais fabricantes do setor de telefonia começam a se animar em investir no mercado local, programando lançamentos de smartphones compatíveis com essa tecnologia. É o caso da LG, que confirmou o lançamento de dispositivos compatíveis com as redes 4G LTE no Brasil no primeiro trimestre de 2013.

A informação foi passada por um porta-voz da empresa em Seul à agência EFE (e reproduzida pelo site de tecnologia da EXAME), que confirma que não só o mercado brasileiro vai receber os smartphones compatíveis com as redes 4G LTE, mas o Chile e o México estão nos planos de expansão da LG no mercado mobile. A decisão é parte dos esforços da empresa em expandir a presença dos seus dispositivos em 4G em todo o planeta. A LG já comercializa esses smartphones na Ásia, Europa e os Estados Unidos, e os mercados citados são considerados essenciais para essa expansão.

Os modelos de smartphones 4G que serão lançados no Brasil ainda não foram confirmados, mas vale a pena lembrar que dois modelos compatíveis com esse padrão de rede são o LG Viper (foto acima) e o LG Spectrum (foto abaixo), que já estão disponíveis no mercado norte-americano. Não dá pra saber qual desses modelos estarão disponíveis no Brasil (isso é, se é que eles serão lançados), pois tudo vai depender de como a LG vai trabalhar a sua estratégia de lançamento em nosso mercado. A empresa tanto pode adaptar os modelos para o padrão LTE do Brasil (nunca é a melhor escolha, pois acaba encarecendo o produto), ou se vão trazer apenas aqueles modelos já compatíveis com as nossas características.

Mas o objetivo principal da LG nessa investida é crescer a sua participação no mercado de smartphones, que hoje é dominado pela Samsung e Apple. Para isso, a LG tomou a sábia decisão de adquirir patentes relacionadas à tecnologia LTE, permitindo assim um amplo desenvolvimento de dispositivos de diversas categorias, para assim, expandir o seu mercado. Logo, não será surpresa se, em algum momento, a LG lançar um smartphone de linha média ou de entrada compatível com as redes 4G.