Eu estive em São Paulo (SP) ontem (19) para acompanhar o evento de lançamento dos novos smartphones da LG, o LG Q6 e o LG Q6+.

Os modelos entram no segmento de linha média, e são candidatos a serem novos concorrentes de peso dentro do segmento. O equilíbrio na relação custo-benefício entregue pelos dois produtos podem ajudar a dar destaque para a LG em uma faixa de preço muito disputada, e em um momento do ano onde todos os principais fabricantes querem modelos competentes nas vendas.

O LG Q6 e o LG Q6+ acompanham a mesma proposta de estética do LG G6, algo que particularmente me agrada. Este é mais um daqueles smartpones que apostam em uma frontal (quase) composta totalmente pela tela, e é muito interessante ver a LG colocando a sua tecnologia FullVision (18:9), presente no seu modelo top de linha, como um item já presente em um modelo intermediário.

 

 

Esta é uma forma da LG valorizar não só os seus smartphones de linha média, mas também apresentando uma proposta que é factualmente acessível para clientes que buscam essa sonhada relação custo-benefício.

Com isso, os novos LG Q6 e Q6+ são tão bonitos quanto o G6, com algumas restrições necessárias para alcançar esse menor preço. Por exemplo, apenas um sensor de câmera traseira, um acabamento em plástico metalizado, uma bateria ligeiramente menor que a do G6, a ausência de um leitor de digitais (apostando tudo no reconhecimento facial), entre outros.

 

 

Talvez a escolha do processador Snapdragon 435 para os modelos possa torcer o nariz de muita gente que esperava ver no mínimo o Snapdragon 660 nesses modelos. Mas para a maioria do público que a LG tem como alvo para esse produto, esse detalhe não deve ser um diferencial considerável, levando em conta um uso normal (se você é um gamer e pensa em jogar no smartphone, vai precisar procurar outro modelo).

Por outro lado, são modelos de linha média com uma tela Full HD+ (2160 x 1080 pixels), algo que outros fabricantes não conseguem entregar. Além disso, suas câmeras parecem ser competentes, e trazem a funcionalidade de wide angle através de um toque, algo já visto em outros modelos lançados em 2017 pela empresa.

 

 

Para quem busca um modelo com design idêntico ao G6 e não tem essa grana toda para comprar o modelo principal, ou para quem já está acostumado com a proposta da LG, os novos LG Q6 e LG Q6+ podem ser a pedida. Com preços sugeridos entre R$ 1.299 e R$ 1.599 respectivamente (mas já podem ser encontrados por menos que isso), são smartphones que acirram ainda mais a briga no já disputado mercado de linha média.

Eu vou receber uma unidade do LG Q6+ em breve, e farei o review completo do dispositivo para o TargetHD.net. Até lá, espero pelo lançamento do ASUS ZenFone 4, que deve deixar essa disputa do segmento intermediário ainda mais interessante.

 

Agradeço à LG do Brasil pelo convite para o evento.