LG OLED W

 

 

A LG não demorou 24 horas para dar a resposta para a Samsung e a sua QLED. As novas TVs LG OLED W apostam na plena compatibilidade com todos os sistemas HDR para competir na gama mais alta do mercado.

 

 

LG Signature OLED TV W7: a linha mais alta de TVs OLED da LG

 

 

A LG já avisava que as TVs OLED ainda teriam alguns anos de exclusividade nos modelos top de linha, e as novas LG OLED W são prova disso.

A linha OLED 2017 da LG abraça as séries clássicas B, C, E e G, e um modelo exclusivo da linha Signature, a W7, com 77 polegadas e um design sem bordas.

O novo design passa do Picture in Glass do ano passado para o Picture-on-Wall do modelo atual. As espessuras de tela possuem menos de 3 mm, quase sem elementos na parte frontal da TV. A W7 conta com um sistema de montagem na parede de tipo magnético.

Este design recorre aos alto-falantes externos, disponíveis em outro módulo com som Dolby Atmos.

 

 

Mais brilho, negros puros

 

 

Já falamos no blog sobre a principal desvantagem do OLED em relação ao LED no quesito brilho: sem grande luminosidade, o HDR perde efetividade. A LG tenta contornar isso usando a tecnologia ULTRA Luminance.

O modo HDR Active combina o suporte para todos os padrões e sistemas disponíveis hoje no mercado ou que estão para chegar (HDR10, Dolby Vision, HLG e Advance HDR Technicolor). Além disso, a LG adiciona o recurso HDR Effect, que processa o conteúdo de definição padrão para simular um HDR nativo.

 

 

Na parte de cores, a LG conta com outro aliado de referência: a Technicolor. Sem falar nas funções Smart TV com webOS e integração de plataformas, como Vudu, Amazon ou Netflix.

Por enquanto, preços ou disponibilidade das novas TVs OLED 2017 da LG não foram anunciados.