LG G6

 

A LG apresentou oficialmente o LG G6, o seu novo smartphone top de linha para a temporada 2017.

O produto foi apresentado no evento da empresa na Mobile World Congress 2017, em Barcelona (Espanha). O modelo chega para competir contra os melhores, mesmo não contando com o mais recente processador da Qualcomm.

De qualquer forma, a proposta geral do LG G6 chama a atenção por vários aspectos.

 

 

Fim dos módulos

 

 

“Os tempos mudaram”. Assim a LG define a sua primeira grande e visível mudança no LG G6, com a remoção dos módulos.

Temos um dispositivo com um corpo compacto e metálico, com proteção IP68 contra poeira e água (até 1.5 metro de profundidade, por 30 minutos). É mais um elemento que agrega valor ao dispositivo.

As mudanças resultam em um dispositivo com dimensões de 148.9 x 71.9 x 7.9 mm, com peso de apenas 163 gramas. Um ganho em vários aspectos a favor do design do dispositivo.

Um smartphone sem cristal nem cerâmicas, que conta com três opções de cores: preto, branco e alumínio. E, como os usuários pediam por resistência e durabilidade, a LG responde com o metal, se alinhando com a proposta de oferecer exatamente aquilo que o consumidor deseja.

Aliás, a marca deixou isso muito claro durante toda a apresentação.

 

 

A tela é o elemento mais importante

 

 

O LG G6 tem “uma tela grande, que cabe na mão”, com 5.7 polegadas (2880 x 1440 pixels, QHD+) em formato 18:9 ou 2:1, que aumenta a largura da tela sem aumentar a largura do smartphone.

A ergonomia se faz presente em um novo design de cantos curvos em uma tela plana. E o formato de tela 18:9 é adequado para a visualização de filmes e séries, até mesmo quando esses conteúdos estão nos formatos mais clássicos, como 16:9 ou 16:10.

A LG aposta no consumo de conteúdo para esse smartphone, ao enfatizar os diferentes formatos de tela utilizados pelo cinema, sem falar na ênfase dada ao fato da Netflix já utilizar o 18:9 em suas produções, dando claro apelo para que o usuário veja este conteúdo na tela do LG G6, com a melhor experiência possível.

O LG G6 também conta com um modo de zoom para adaptar qualquer conteúdo à tela 2:1, além do Dolby Vision e suporte para HDR10. Tudo à serviço da melhor imagem.

 

 

Que comece o debate sobre o processador

 

 

A LG precisava lançar logo o LG G6, e por isso optou pelo Snapdragon 821, em detrimento ao Snapdragon 835 (que deve ser mesmo exclusivo do Galaxy S8 no seu início). A diferença entre os dois é quase imperceptível, mas existe. Resta saber se a LG conseguiu extrair ao máximo o que o 821 é capaz de entregar.

O chip vem acompanhado de 4 GB de RAM LPDDR4 e 32 GB de armazenamento UFS 2.0 (expansíveis via microSD de até 2 TB), gerenciado pelo Android 7.0 Nougat (com a promessa de atualização em breve para o Android 7.1).

Vale lembrar que uma das boas coisas que o LG G5 SE mostrou ao mundo foi que não é necessário ter o mais potente chip do mercado para oferecer uma boa experiência de uso.

Por outro lado, só pedimos para a LG uma coisa: que jamais exista um LG G6 SE.

 

 

Câmeras: não mexa muito em time que ganha há muito tempo

 

 

Faz um bom tempo que a LG vem acertando nas câmeras dos seus smartphones top de linha. E o LG G6 tem a complicada tarefa de melhorar ainda mais esse aspecto positivo da série.

A câmera traseira é dupla, com 13 MP, com aberturas e ângulos de visão diferentes. Para as fotos normais, a abertura é a f/1.8 com 71º de campo de visão. Para as fotos mais amplas, a abertura é a f/2.4, com campo de 125º. Os dois sensores contam com estabilizador ótico 2.0 para fotos e vídeos.

O sensor frontal possui 8 MP (f/2.2), com grande angular com 100º de campo de visão. Ou seja, tanto com a mão como com o pau de selfie, podemos colocar uma galera na mesma foto.

O software recebe um novo modo Guide Shot, para colocar várias imagens em uma mesma composição, além dos modos Grid Shot (clássico) e Match Shot (para vídeos). Ah, sim… o LG G6 também possui um “zoom ótico no estilo do iPhone 7” (palavras nossas).

 

 

Mais fino, mas com uma bateria maior

 

 

O LG G6 possui um bateria de 3.300 mAh (não removível), que é 18% maior que a do seu predecessor. O modelo conta com o modo de recarga rápida Quick Charge 3.0, mas sem um sistema de recarga sem fio. Aliás, a LG afirma que é possível recarregar esse dispositivo mesmo que ele esteja úmido. É ver para crer.

A bateria conta com um novo algoritmo de recarga trabalhando com o Quick Charge 3.0, além de separadores mais espessos e um novo sistema de dissipação de calor, reforçando um compromisso com a segurança.

 

Até o presente momento, a LG não confirmou o preço do LG G6, ou sua janela de chegada ao mercado. Esse post será atualizado tão logo essas informações sejam divulgadas pelo fabricante.

 

 

LG G6: principais características

 

Tela: 5.7 polegadas IPS (QHD+, 564 pixels por polegada)
Processador: Qualcomm Snapdragon 821 quad-core Kyro (2 x 2.4 GHz + 2 x 2 GHz)
GPU: Adreno 530, a 650 MHz
RAM: 4 GB LPDDR4
Armazenamento: 32 GB UFS 2.0 + microSD de até 2 TB
Conectividade: LTE-A, WiFi 802.11 b/g/n, Bluetooth 4.2, GPS, NFC, USB Type-C 2.0
Bateria: 3.300 mAh (não removível), com modo de carga rápida Quick Charge 3.0
Câmera traseira: 13 MP (f/1.8) + 13 MP (f/2.4) com flash LED e OIS 2.0
Câmera frontal: 8 MP (f/2.2)
Outros: leitor de digitais, Quad Dac 32 bits, IP68, HDR10
Dimensões e peso: 148.9 x 71.9 x 7.9 mm, 163 gramas