lg-v10

A LG apresentou os dados sobre o seu último trimestre fiscal, montando assim o acumulado de vendas ao longo do ano de 2015.

Entre outubro e dezembro de 2015, a LG vendeu 15.3 milhões de smartphones, e ao longo de todo o ano passado, foram vendidas 59.7 milhões de unidades. Uma marca um pouco melhor da alcançada em 2014 (59.1 milhões), mas sem dar o salto necessário para ameaçar Apple ou Samsung, algo que a Huawei parece ter feito. Além disso, empresas menos conhecidas no mercado global se aproximaram.

11 milhões de smartphones comercializados pela LG no último trimestre de 2015 contavam com conectividade LTE. É o primeiro trimestre que a empresa passa dos dois dígitos de unidades distribuídas com essa conectividade.

Com tudo isso, eles conseguiram vendas de US$ 3.26 bilhões no quarto trimestre de 2015, 0.4% a menos que no ano anterior, mas 12% a mais que no terceiro trimestre de 2015. É lógico dizer que o aumento se deu pelas vendas natalinas. Por outro lado, a LG registrou perdas de US$ 37 milhões no mesmo trimestre.

Fato é que a LG gastou muito em publicidade e engenharia, com muita tecnologia própria, o que resultou em ótimos produtos. Porém, as vendas não melhoraram muito em relação ao ano anterior. Ou seja, algo ainda não funciona, já que eles não conseguem chamar a atenção do grande público.

lg-vendas-q4-2015

No mercado norte-americano, a LG está tendo uma acolhida muito positiva nas vendas, e críticas muito positivas sobre o último top de linha anunciado por lá, o LG V10. A empresa prevê que os próximos meses serão complicados, por conta de uma concorrência muito pesada em todos os segmentos, especialmente entre os tops de linha, onde todos os concorrentes apresentaram produtos “premium”.

Para 2016, são esperados pelo menos dois smartphones top de linha da LG, algo que outros competidores já o fazem. Um desses modelos premium deve ser o LG G5, que tem tudo para ser apresentado durante a Mobile World Congress 2016, que acontece em Barcelona (Espanha) no final do mês de fevereiro.

Via LG