Lenovo Yoga Book

A Lenovo apresentou na IFA 2016 o Lenovo Yoga Book, o tablet 2 em 1 que surpreende pelo seu design e características futuristas.

O produto pode ser encontrado em versões com Windows 10 e Android, e o produto se destaca pela presença do novo Instant Halo Keyboard, um teclado touch retroiluminado que não conta com teclas físicas, mas sim no painel secundário do produto quando precisamos.

Lenovo Yoga Book: Design e especificações fantásticas

 

Lenovo Yoga Book 02

 

O Lenovo Yoga Book é compacto e elegante, e a presença do segundo painel ajuda na conversão do tablet no conversível mais fino do mercado. São 9,6 mm de espessura e 690 gramas de peso.

Seu corpo incorpora uma tela touch IPS de 10,1 polegadas (1080p), um processador Intel Atom x5028550, 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 128 GB), bateria de 8.500 mAh com autonomia de até 15 horas de uso (13 horas no modelo com Windows 10) e slot para cartão nanoSIM com conectividade LTE.

O produto está disponível com Android 6.0.1 (nada de Android 7.0 Nougat por enquanto) e com Windows 10, a escolher. No Android, o acabamento é em cinza e dourado, e no Windows, na cor negra.

A Lenovo fez algumas modificações na versão com Android, uma vez que a interface permite a execução de vários aplicativos ao mesmo tempo, mas o faz de forma que múltiplas janelas desses aplicativos se mantenham na tela, maximizadas ou minimizadas, deixando o Android com um ar de Windows.

O produto ainda recebe uma câmera traseira de 8 MP com foco automático e câmera frontal de 2 MP, além de ser compatível com a caneta stylus Real-Pen.

 

Com esse teclado, você vai escrever como nunca

 

Lenovo Yoga Book 04

 

Até agora, a regra entre os tablets conversíveis foi a inclusão de cases com teclado físico integrado. Mas a Lenovo quis reinventar o conceito, oferecendo um segundo painel que serve como tampa de tela e como painel auxiliar para a inclusão de texto em duas variantes.

A primeira delas é a Instant Halo Keyboard, um sistema que transforma o painel em teclado touch integrado na superfície de cristal. Apesar de não contar com teclas físicas, o software do tablet aprende e se adapta à forma de digitar do usuário, otimizando a precisão e tornando a digitação mais rápida e eficiente.

O efeito é surpreendente, mas resta saber como o recursos se comporta na prática. É difícil de imaginar a experiência de mecanografia tão rápida como em um teclado físico convencional. Mesmo assim, é um efeito que chama a atenção.

O segundo recurso entra em ação com a stylus, que pode ser de uso duplo.

Lenovo Yoga Book 05

 

Aqui, se emula o formato de bloco de notas tradicional, e enquanto escrevemos ou desenhamos, o painel identifica os traços, que são exibidos na tela do Yoga Book, no estilo dos tablets gráficos.

A Wacom é parte fundamental desse desenvolvimento, utilizando uma capa de ressonância eletromagnética no painel, que habilita a digitalização em tempo real dos traços. A ideia é recriar a sensação de desenhar ou escrever sobre o papel, com a textura desse painel no lugar da escrita na tela.

A stylus conta com 2048 níveis de pressão e um ângulo de detecção de 100 graus, e dispensa uma recarga de bateria. As pontas podem ser trocadas, como uma caneta tradicional.

Os novos Lenovo Yoga Book terão preço inicial sugerido de 499 euros para a versão Android e 599 euros para a versão com Windows 10. Preços e disponibilidade podem variar de país para país. Os produtos estarão disponíveis em escala global em setembro.

E sim… estamos diante de um dos produtos mais originais da IFA dos últimos tempos.

 

Lenovo Yoga Book 02 Lenovo Yoga Book 03 Lenovo Yoga Book 06 Lenovo Yoga Book 07