lenovo-logo-teaser

A Lenovo é mais uma que vai abandonar o barco do Windows 10 no mercado mobile, e não vai lançar novos smartphones com o sistema operacional da Microsoft.

Quem informa é o COO da empresa, Gianfranco Lanci, que confirmou o pouco interesse por um motivo bem simples: a Lenovo não confia no Windows 10.

“Não vejo a necessidade de apresentar um dispositivo com Windows Phone, e não estou convencido de que a Microsoft vai seguir oferecendo suporte para seus smartphones no futuro”, afirmou Lanci.

 

Falta de confiança gera falta de interesse

 

gianfranco-lanci-lenovo

 

Vale lembrar que nesse momento a Lenovo tem até três linhas de smartphones no mercado competindo entre si: a Vibe (Android, com sua interface Vibe UI), a Moto (adquirida da Motorola) e a Zuk (que começaram com Cyanogen OS, mas hoje conta com interface própria do Android).

Pese o fato de ter smartphones com várias versões do Android, não é surpresa a Lenovo nem deixar pistas sobre o que fará com o Windows Phone. Agora, Lanci indica que não há dispositivos em desenvolvimento, e nem parece que teremos no futuro.

A falta de apoio da Lenovo no Windows Phone contrasta com o cenário de sua divisão de computadores pessoais. Nesse segmento, o catálogo da empresa é bem amplo, o que poderia facilitar um acordo entre as duas empresas no segmento móvel.

Com a linha Lumia praticamente desaparecendo, e os futuros Surface como uma incógnita, restam poucos fabricantes apoiando a Microsoft no mercado mobile (Acer, Blu, HP).

Mais um golpe para uma plataforma que não passa pelos seus melhores momentos.

Via TheNextWeb