lenovo legion

 

A Lenovo apresentou na CES 2017 a sua nova linha de notebooks para games, a Lenovo Legion.

São computadores muito chamativos, com apelo estético para os gamers, seguindo a mesma aposta de Acer, Alienware (Dell) e ASUS nesse segmento.

A Lenovo oferece como diferencial não esfolar muito o bolso dos compradores. Não que esses notebooks sejam baratos, mas contam com preços claramente inferiores ao que estamos acostumados a ver nos produtos desse segmento.

São dois modelos com tela de 15.6 polegadas e processador Intel Kaby Lake: o Legion Y720 e o Legion Y520.

 

 

Lenovo Legion Y520

 

 

É o modelo mais simples, com gráficos NVIDIA GXT 1050, que gerencia uma tela com resolução Full HD IPS, que recebe uma capa anti-reflexo.

O modelo possui 16 GB de RAM e 2 TB de armazenamento, alto-falantes assinados pela Harman Kardon e certificados Dolby Audio Premium. Também conta com porta USB Type-C, duas portas USB 3.0, HDMI, teclado retroiluminado em vermelho e porta Ethernet.

Sua bateria possui uma autonomia de até 4 horas de uso, e seu peso é de 2.4 quilos.

 

Lenovo Legion Y720

 

 

É o modelo mais potente, com um processador quad-core Intel Core i7-7700HQ, com gráficos NVIDIA GTX 1060. Sua tela possui uma resolução 4K (3840 x 2160 pixes).

Neste caso, a autonomia de bateria sobre para até 5 horas de uso (60 Whr), com alto-falantes assinados pela JBL com certificação Dolby Atmos. A porta USB Type-C emascara uma Thunderbolt, e o teclado é retroiluminado em RGB. Os demais dados são similares ao modelo anterior.

 

Nos Estados Unidos, os modelos da linha Lenovo Legion chegam ao mercado em abril, com preços de US$ 900 (Y520) e US$ 1.400 (Y720). Levando em conta o seu preço e suas especificações, podemos dizer que são propostas bem competitivas.