Um smartphone com Android Jelly Bean, com uma bateria de 3.500 mAh, e que custa pouco. Quem não quer? Tá, os fanboys da Apple não querem nem chegar perto. Mas, para quem não é preconceituoso, saiba que a Lenovo lançou na China esse interessante smartphone, o IdeaPhone P770.

A ideia do produto é ser eficiente no uso diário no quesito “preciso ter um smartphone funcionando o dia inteiro”. Para isso, o principal destaque do aparelho é a sua bateria de 3.500 mAh (ou 644 horas em standby), que promete oferecer ao usuário uma autonomia de conversação de até 29 horas consecutivas. Sim, é difícil encontrar alguém que fique conversando durante mais de um dia seguido no telefone. Mas é sempre bom saber que o nosso smartphone só vai ver a bateria novamente quando chegarmos em casa, depois de um longo dia de trabalho.

Para você ter uma ideia do quão extensa é essa autonomia de uso, ele consegue superar os modelos da Motorola, o RAZR MAXX e RAZR MAXX HD. Porém, essa longa vida de funcionamento longe da tomada tem um preço: o Lenovo IdeaPhone P770 possui uma espessura de 11.9 mm e peso de 161 gramas, ou seja, é mais espesso e pesado que os modelos citados.

Mas não é só de uso contínuo que o lançamento da Lenovo se destaca. O smartphone também conta com uma generosa tela qHD de 4.5 polegadas (960 x 540), um processador dual-core de 1.2 GHz, 1 GB de RAM, 4 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD – 8 GB já inclusos no kit de venda), câmera traseira de 5 megapixels, e câmera frontal para videochamadas.

Agora, a boa notícia. Diferente do que você está imaginando, o modelo (que pode muito bem se encaixar na categoria de smartphones de linha média) não custa preços exorbitantes. Bom, pelo menos lá fora: o Lenovo IdeaPhone P770 custa apenas US$ 270. É para se considerara a ideia, na nossa próxima visita à Ásia (ou quando nosso importador preferido souber que esse produto existe).

Via Unwired View