lenovo-yoga lenovo

A Lenovo e a Microsoft decidiram responder as acusações de vários usuários de computadores que não conseguiram instalar o Linux em seus equipamentos, indicando que receberam a informação que o programa Signature Edition da Microsoft proibia a instalação do sistema operacional de código aberto nesses equipamentos.

As duas empresas esclarecem que a proibição não existe, e que o problema acontece por um impedimento técnico, e não por algo específico para proibir o Linux.

 

A explicação da Lenovo e Microsoft

Vários notebooks da Lenovo (incluindo o Yoga 900) usam um sistema RAID nas SSDs que não possui suporte no kernel do Linux nesse momento. Por isso, não é possível instalar esse sistema nos portáteis. O Windows funciona sem problemas porque a Lenovo desenvolveu os controladores necessários, mas não impediu o desenvolvimento dos mesmos no Linux. Só não quis fazer.

A Microsoft informa que as acusações são incorretas, e ao que parece, um “especialista” da empresa passou informações incorretas sobre o assunto. As queixas foram eliminadas do fórum de suporte, e por isso todo esse problema foi criado… por uma simples confusão.

Não há informações sobre o desenvolvimento do suporte para esse chipset da Lenovo para Linux, mas por ser um produto com apoio da comunidade, não será surpresa se os controladores aparecerem a qualquer momento.

Porém, se você pensa em comprar um novo computador, leve em consideração que alguns modelos da Lenovo não suportam o Linux, mas outros fabricantes oferecem sistemas de alta qualidade com pleno suporte ao sistema do pinguim.

Via The RegisterReddit