Yoga Book

A Lenovo apresentou oficialmente durante o início da Lenovo World Tech a nova geração do Lenovo Yoga Book, linha de notebooks conversíveis da empresa.

As novidades parecem se limitar às novas opções de cor e uma leve redução de preço. Do mais, o modelo segue com uma tela IPS de 10.1 polegadas (Full HD), processador Intel Atom x5, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento (expansíveis via microSD), além de portas microUSB e microHDMI.

Seu sistema de dobradiças de 360 graus segue do tipo pulseira de relógio, e o seu teclado físico foi substituído por um teclado Halo, com cristal retroiluminado, tratamento anti-reflexo e totalmente touch, com os dedos ou lápis ótico da Wacom (incluído).

 

 

O modelo digitaliza notas e desenhos, se adaptando constantemente à escrita do usuário, com a ajuda de um software de previsibilidade e aprendizagem artificial, que melhora de forma contínua. Além disso, oferece feedback tátil para reduzir os erros na escrita.

Aqui, temos recriada a sensação natural de desenhar sobre uma superfície de papel. Se o usuário quiser, ele pode desenhar diretamente na tela. Mas com esse touch Halo isso não se faz necessário.

 

 

O acessório de escrita real tem alta precisão, com 2048 níveis de pressão e detecção de ângulos de 100 graus. O dispositivo não usa pilhas ou baterias, e aceita recargas de tinta padrão, como uma caneta comum.

O novo Lenovo Yoga Book estará disponível em versões com Windows e Android, e chegam ao mercado internacional em setembro, com preços sugeridos de US$ 549 e US$ 499, respectivamente.