leagoo

Recentemente, publicamos aqui no blog que a Blu e a Cubot foram flagradas com malwares nos seus smartphoens. Hoje, uma pesquisa realizada pela agência de segurança Dr. Web revela que a realidade pode ser bem pior e mais preocupante.

Ter um malware no smartphone é tão ruim quanto dar todos os seus dados para quem você não conhece. Ou que uma criança converse com estranhos. Ou você digitar seus dados em sites desconhecidos.

O tema fica mais problemático quando o número de fabricantes pegos com malwares nos seus dispositivos aumenta. A maioria dos dados são armazenados e enviados para A China, que vendem esses dados para empresas de publicidade ou pishing.

Pois bem, depois da Blu e da Cubot serem flagradas com malwares, agora a Leagoo e a Nomu passam pelo mesmo.

Os modelos Leagoo M5 Plus, Leagoo M8, Nomu S10 e Nomu S10 foram flagrados carregando o malware Triada.

O software, no lugar de ser instalado por algum aplicativo, ele vem integrado no sistema operacional, obtendo acesso a todos os dados de qualquer aplicativo instalado no dispositivo.

As empresas citadas ainda não se explicaram sobre o assunto. Mas se você tem um modelo desses fabricantes, o recomendado é que você ou mude de ROM ou pare de utilizar o dispositivo e espere uma atualização do sistema que resolva a situação.

 

Via SecurityWeek