Em 2008, Terry Hope se propôs a criar algo que parecia impossível: uma bicicleta solar que pudesse ser transportada em uma maleta. Era um projeto doméstico, desenvolvido a partir de componentes comuns, e montado com suas próprias mãos. Mas, mesmo com todas as dificuldades, esse engenheiro canadense conseguiu construir o tal veículo, e já tem quase pronta a segunda geração do mesmo.

O KPV (ou Kinetic Photovoltaic Vehicle) está equipado com duas baterias e um ultra condensador, alimentados a partir de um sistema de captura de energia cinética, que junto aos seus painéis solares aerodinâmicos (com um total de 14 células), permitem uma autonomia de 21 km por carga (que dura de 15 a 45 minutos em uma tomada). Todo o conjunto pesa aproximadamente 20 kg, além dos 2,7 kg adicionais dos painéis solares opcionais.

Segundo Terry, quando a versão 2.0 do KPV estiver pronta, ela estará equipada com melhorias como WiFi, conexão de dados 3G/4G, Bluetooth e uma tela touch. Todas essas melhorias serão adicionadas com a ajuda de várias empresas que devem estar interessadas no projeto. Abaixo, veja o vídeo da versão 1.0 em ação.

via Gizmag