Não sabemos se vamos ser capazes de ver as horas no Konect, mas pelo menos vamos fazer sucesso entre os nossos amigos mais geeks. O conceito foi desenvolvido pelo designer Olivier Demangel, que se cansou de perder os seus pendrives, e desenvolveu uma solução onde poderia levar o mesmo em um relógio de pulso.

A unidade pode armazenar músicas para que você ouça nos seus fones Bluetooth, que podem inclusive se conectar ao seu telefone para atender e desligar chamadas durante o trânsito. É uma proposta interessante demais para não se tornar um produto que vai chegar ao mercado. Abaixo, um vídeo demonstrativo do original relógio.

via TokyoFlash