Jupiter IO-01

O Jupiter IO é um smartphone que incorpora uma boqueira na parte superior, que lembra uma antena de um celular do passado. Na verdade, é um smartphone e um cigarro eletrônico em um só gadget, também conhecido como “vaping smartphones”.

São dois modelos de “vaping smartphones”. Os dados técnicos não são os habituais, como aspectos decimais da tela ou potência dos componentes. Tanto o Jupiter IO 3 como o Jupiter IO 4 mostram os detalhes básicos nesse aspecto, mas esboçam para qual tipo de usuário cada modelo é destinado.

– Duas baterias (sem mAh revelados nas com autonomia prometida para até 16 horas de uso)
– Tela de 5.3 polegadas
– Sistema operacional Android 4.4 KitKat
– Aplicativos de monitorização das inalações
– Um único botão de navegação
– Carga via USB
– Construção de plástico
– Sistema de acionamento do cigarro eletrônico

Jupiter IO-02

Se o usuário quiser fumar, o usuário monta a parte do cigarro eletrônico com o cartucho de líquido. Na parte superior, tem um botão que aumenta o calor oferecido.

Já o aplicativo de controle (Vaporcade app) permite o controle da quantidade de líquido que fica no cartucho, e quantas inalações foram realizadas, assim como mostrar a bateria restante e de que sabor se trata. Algo interessante: se um usuário que escolheu um tipo de cigarro como transição para abandonar o hábito que pode causar esse tipo de inalações, o aplicativo emite um alerta quando a quantidade absorvida é ultrapassada.

Jupiter IO-03

Sem saber detalhes como processador e memórias, esse smartphone não tende a ser dos mais baratos. O Jupiter IO 3 (3G) custa US$ 299, e o Jupiter IO 4 (4G) custa US$ 499 (esse último chega ao mercado ao longo de 2016). Cada cartucho custa US$ 15, disponíveis nos sabres menta, café e pêssego, e equivalem a 800 inalações, ou quatro pacotes de cigarro.

A grande dúvida que fica está nas características do smartphone e sobre o seu consumo, uma vez que ele aparece como alternativa ao tabaco tradicional, mas com efeitos prejudiciais ainda em estudo. Os smartphones foram aprovados pela FCC em novembro de 2015, e o Jupiter IO 3 já pode ser adquirido no mercado (o IO 4 chegará nos próximos meses.

Será que temos um novo segmento de smartphones nascendo? Vão vingar os “smokephones”?

 

Via The Verge