Um pouco de humor na eterna disputa entre Apple e Samsung, ou iPad vs Galaxy Tab 10.1. O juiz britânico Colin Birss deu ganho de causa para a fabricante sul-coreana, ao determinar que o seu tablet não é uma cópia do modelo da Apple. O que surpreende é o argumento dado pelo juiz. Palavras dele: “o Galaxy Tab 10.1 não tem um design legal o suficiente para isso”.

Isso mesmo que você leu! O juiz afirmou, com todas as letras, que o Galaxy Tab 10.1 não é tão “cool” quanto o iPad! Essa afirmação, vindo de qualquer um de nós, é algo relativamente normal. Mas vindo de um magistrado, chega a surpreender!

Desta forma, a Apple não pode impedir a importação ou venda do Galaxy Tab 10.1 no Reino Unido. A alegação feita pela empresa de Cupertino é a mesma utilizada nos demais mercados onde tentou barrar o produto pela força da lei: “ele é muito parecido com o nosso tablet”. Na sentença, o juiz Birss observou diferenças essenciais, como a espessura dos dois modelos e detalhes na parte traseira do aparelho.

Antes, a Apple já tinha sofrido derrota semelhante no Reino Unido, quando outro juiz local decidiu que a patente da função “Slide to Unlock” (ou “deslize para desbloquear”), que libera a tela do iPhone para o uso, não pode ser aplicada contra os modelos da norte-americana HTC. Esse item é um dos argumentos apresentados pela mesma Apple para impedir que o Galaxy Nexus fosse comercializado de forma temporária nos Estados Unidos, e nesse caso, a empresa de Cupertino teve ganho de causa nos tribunais.

A liminar contra o Galaxy Nexus já foi suspensa, e a Apple tem até quinta-feira (12/07) para recorrer da decisão nos Estados Unidos. Quanto à decisão do Reino Unido, a fabricante do iPad tem 21 dias para recorrer.

Mas… a frase “ele não é tão legal para isso” pode representar uma vitória com gosto amargo. Não acham?

Via BBC