No fim, se confirma o ditado: “a esperança é a última que morre” (logo, evite ter uma sogra com o nome Esperança… #piadavelha). Quando tudo indicava que o MeeGo estava esquecido, morto e enterrado, e com sua viúva sendo beijada na face pelos cavalheiros presentes no seu velório, uma empresa finlandesa parece querer operar o milagre de ressuscitar o sistema operacional móvel.

Quem quer assumir a missão é a Jolla Ltd, que é composta por ex-funcionários da Nokia que trabalharam no N9 e no MeeGo no passado e que, receosos com o fato de um dos melhores sistemas operacionais móveis dos últimos tempos simplesmente desaparecer, uniram forças para continuar dando vida à plataforma.

Segundo nota de imprensa, a Jolla vai se encarregar do design, desenvolvimento e venda de novos smartphones baseados em MeeGo, revelando a sua primeira proposta no final do ano. Vale ressaltar que o sistema operacional não será tal e qual como conhecemos até aqui, e algumas mudanças serão adotadas, baseando-se no Mer Project (kernel Linux e suporte HTML5/Qt/EFL), e apresentando uma nova interface.

O negócio é tão sério, que a Nokia “presenteou” a Jolla com os códigos fontes e ferramentas de desenvolvimento do MeeGo. É, pelo visto, o negócio é sério, e promete bons frutos.

Via The Handheld Blog