650_1000_blackberry-lenovo

Pode ser que a BlackBerry queira mesmo recuperar aquilo que eles sabiam fazer de melhor, mas isso não tira a possibilidade de abrir as portas para outras soluções. John Chen, CEO da empresa, afirmou em uma entrevista recente que os phablets podem fazer parte dos planos da BlackBerry no futuro.

Para ele, não ha volta para o segmento dos tablets, onde a BlackBerry não teve sucesso, mas seus smartphones com teclado físico poderiam ser acompanhados de um phablet nos próximos meses.

Palavras de John Chen:

Se fizermos outra coisa, provavelmente iremos aos phablets. Acredito que se contempla a nossa estratégia e a direção do mercado, há claramente um mercado para algo que está entre um smartphone e um tablet. Creio que para os phablets ainda é viável, e que o tablet já está morto. Não é algo ruim, pois é possível criar novas tecnologias. Mas se tivesse a oportunidade, iria para os phablets. Fabricaremos aquilo que o mercado indicar.

O CEO concedeu essa entrevista na ocasião do lançamento do BlackBerry Z3 na Indonésia, em um mercado claramente dominado pelo Android e iOS, mas onde Chen afirma que sua empresa tem opções para o setor empresarial.

E para você? O tablet já morreu mesmo?

Via PhoneArena