A moto Johammer J1 não é apenas um meio de transporte. É também uma bateria doméstica.

Esta peculiar moto quer mudar o modo que vemos o meio de transporte em duas rodas, e em troca, ajudar a economizar um pouco de energia em casa, cuidando do meio ambiente.

O CEO da Johammer garante que essa moto foi desenvolvida do zero para oferecer as melhores especificações, e a única coisa que ela compartilha com uma moto convencional é o seu espírito.

Alguns chegam a comparar a Johammer J1 com um carro Tesla, já que ambos são interpretações atuais de como deveria ser um veículo.

A moto é totalmente fabricada em alumínio, mas com uma carroceria de plástico, reduzindo assim a resistência aerodinâmica. Possui um motor de 11 kW impulsionado por uma bateria de 12.7 kWh, com autonomia de 200 km e velocidade máxima de 120 km/h.

Sua potência é de uma moto posicionada entre 125cc e 250cc, porém, seu preço de 23 mil euros por uma moto com bateria que se carrega em três horas e possui vida útil de 200 mil km (ou quatro anos) pode ser algo que pague o seu preço.

Ou quem sabe a energia que pode ser armazenada na sua casa por aproximadamente 20 anos.

Isso sim vale o preço.