Windows 10 Phone

Joe Belfiore, um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento do Windows 10 na Microsoft, jogou a última pá de cal no sistema operacional móvel da empresa, revelando que não há planos para seguir investindo nele.

Belfiore confirmou em sua conta no Twitter o que eu venho dizendo no blog há pelo menos dois anos. A empresa vai seguir oferecendo suporte aos usuários com atualizações de segurança e correção de bugs, mas não vai mais desenvolver novas funcionalidades para o Windows 10 Mobile.

Tradução: o Windows 10 Mobile está morto e enterrado. Entenderam agora?

Na tentativa de tentar colocar a arma do tiro nas mãos dos outros, Belfiore afirma que “tentamos muito duro em incentivar os desenvolvedores de aplicativos. Pagamos, desenvolvemos aplicativos para eles… mas o volume de usuários era muito baixo para que a maioria das empresas investissem no software”.

Belfiore aqui fala do abandono por parte da HP anunciado recentemente, que desistiu da plataforma porque “não fazia sentido” seguir apostando nela.

A HP também enfatiza que a Microsoft teria mudado sua estratégia com o Windows Phone, deixando de investir nele. Pois bem, Belfiore só confirmou o que a HP falou.

O executivo também afirmou que a imensa maioria dos usuários do Windows, Office e Xbox utilizam ecossistemas mistos, ou seja, diferentes dispositivos com vários sistemas operacionais.

Logo, a morte do Windows Phone/Mobile não é o fim do mundo, nem mesmo representa grandes problemas para os planos da Microsoft no que se refere à convergência.

Foi-se o tempo que as pessoas se valem de um ecossistema fechado para todos os tipos de hardware. Agora, a Microsoft se concentra em onde os seus aplicativos podem estar, independente do sistema operacional.

A última prova dessa nova filosofia foi o anúncio do navegador Edge a caminho do Android, abandonando a ideia de torná-lo exclusivo para o Windows 10. Antes disso, o ecossistema de aplicativos nativos como Office e Cortana já chegou ao Android e ao iOS.

Esse caminho começa a cobrar mais força com o lançamento oficial do Windows 10 Fall Creators Update, que tem como novidades a sincronização de dispositivos Android via Cortana, onde vamos receber no PC as notificações do dispositivo.

Ou seja, a convergência do Windows com outros dispositivos segue muito viva.

E o Windows Mobile é agora parte da história da tecnologia.

#RIP

 

Via @JoeBelfiore