android-mercado

Demorou, mas aconteceu. Finalmente a versão Jelly Bean do Android tem mais de 50% do mercado do sistema operacional da Google.

A gigante de Mountain View publicou as últimas estatísticas de usuários ativos, logo após anunciar o lançamento oficial da nova versão do sistema operacional (Android 4.4 KitKat), e o gráfico de distribuição das versões mostra que os dispositivos em uso com as ROMs baseadas nas versões 4.1.x, 4.2.x e 4.3 já superam mais da metade do total, com uma cota de 52.1%. A segunda versão mais popular segue sendo a 2.3.x Ginerbread, que ainda possui respeitáveis 26.3%, mas cada vez mais possui menos espaço no mundo mobile.

Por outro lado, o Gingerbread aparece para nos lembrar que ainda existe um bocado de smartphones e tablets “antigos” no mercado. Resta saber se esses dispositivos morrerão no Gingerbread, ou se alguns deles ganharão uma sobrevida com o Android KitKat (uma vez que a Google promete que o sistema pode ser funcional em dispositivos com baixas especificações de hardware).

A terceira posição segue com a versão Ice Cream Sandwich, que perde mais e mais força, representando 19.8% dos dispositivos que acessaram a Google Play na última semana.

E, para a perplexidade de muitos, a versão Froyo ainda segue viva, com apenas 1.7% dos usuários que acessam a loja de apps da Google. Muito provavelmente, esses usuários são aqueles que não querem abandonar o seu Motorola Milestone.

Também existem dispositivos com versões do Android mais antigas que o Froyo, mas a Google não inclui a sua porcentagem no relatório, uma vez que tais versões perderam a capacidade de acessar a loja de aplicativos, por evidentes questões de incompatibilidade. Além disso, esse relatório é voltado especialmente para os desenvolvedores, que não pensa mais nas versões antigas do Android na hora de desenvolver os seus aplicativos.

Via developer.android.com