jeff bezos

Um fenômeno peculiar na Bolsa de Valores dos EUA. Ontem (27), as ações da Amazon ultrapassaram a barreira dos US$ 1.000 por ação pela primeira vez em sua história (US$ 1.083,31 para ser mais preciso), o que fez com que a fortuna de Jeff Bezos, CEO e fundador da empresa, crescesse US$ 2.5 bilhões em poucas horas.

Resultado: Jeff Bezos foi dormir rico e acordou o homem mais rico do mundo, superando Bill Gates.

Gates era o homem mais rico do mundo desde 2013, e no dia 26 de julho contava com uma fortuna de US$ 90.8 bilhões. Bezos foi dormir com US$ 89 bilhões.

O aumento das ações da Amazon aconteceu por conta da previsão de seus resultados financeiros, e isso fez com que a fortuna de Bezos alcançasse a marca de US$ 92.3 bilhões líquidos, o que o fez o homem mais rico do mundo.

Porém, o título durou apenas quatro horas. A Amazon ficou um pouco abaixo das expectativas nos seus resultados financeiros, o que fez com que as suas ações caíssem, levando consigo a nova fortuna de Bezos.

Após o anúncio dos resultados, as ações da Amazon caíram 1% (US$ 1.046), fazendo com que a fortuna de Bezos ficasse um pouco abaixo dos US$ 90 bilhões, devolvendo à Gates o posto que ele ocupava desde maio de 2013.

Vale destacar que, se por um lado, Bill Gates doou US$ 32.9 bilhões ao longo de sua vida, permitindo assim a ascensão de Jeff Bezos, por outro lado, 2017 foi um ano muito importante para a Amazon, que aumentou seus lucros em 40%, o que fez com que Bezos saltasse da quarta para a segunda posição do ranking entre os mais ricos, superando Warren Buffet e Amancio Ortega.

 

Via Business Insider, Bloomberg