Então, sabe o Fuleco? Sim, esse tatu, que poderia simplesmente se chamar “tatu bola”, mas não? Pois é, esse mesmo tatu que nós brasileiros veremos no ano que vem em, no máximo, alta definição (1080p), os japoneses poderão vê-lo em 2160p, ou resolução UHDTV. Ou 4K, como preferir.

A Copa do Mundo de 2014 do Brasil será o primeiro grande evento esportivo que será transmitido na resolução UHDTV (Ultra High Definition TV), em imagens com resolução máxima de 3840 x 2160 pixels. Segundo o jornal nipônico Asahi Shimbun, o governo japonês pensa em acelerar o desenvolvimento e a implantação da sua tecnologia UHDTV para a cobertura do mundial de futebol do ano que vem, usando a capacidade disponível em seus próprios satélites de comunicações, para evitar problemas com outras plataformas e métodos de distribuição de conteúdos, que ao que parece, está lidando com problemas de largura de banda (agora, imagine isso no Brasil…).

Essas transmissões começam em junho de 2014, no mês em que a Copa do Mundo acontece no Brasil. Se tudo der certo, o Japão vai se antecipar em dois anos no desenvolvimento e implantação das transmissões em UHDTV no país, em relação aos planos originalmente estabelecidos pelas autoridades locais, e devem precedes as transmissões através de satélites de transmissão direta de televisão e retransmissoras terrestres.

Obviamente, de pouco vai adiantar receber o sinal 4K se você não tem uma TV com essa resolução de imagem. Ou seja, os japoneses tem pouco menos de 1 ano e meio para convencer suas esposas que vale a pena o investimento em uma TV com essas resoluções generosas, afirmando que ver a Copa do Mundo em UHDTV não é um capricho, e sim, uma necessidade. Mesmo que isso custe praticamente hipotecar a sua casa.

Via Broadband TV News