pantalla-lcd-japan-display

Qualquer pessoa que tenha (ou já teve) um Kindle sabe que a bateria do dispositivo é praticamente eterna, permitindo que você leia livros sem se preocupar em quando você vai precisar carregar. Por outro lado, quem tem smartphone sabe que a bateria (em via de regra) se drena rapidamente, mesmo com alguns truques que evitam isso.

A diferença entre os dois dispositivos está no tipo de tela que ele usa. Por um lado, o Kindle usa uma tela de tinta eletrônica, limitada nas cores branco e preto, o que é mais que suficiente para ler livros. Já os smartphones necessitam de uma tela com muitas cores, para todos os tipos de conteúdos (vídeos, fotos, games, etc). Naturalmente, e pela necessidade, os smartphones gastam mais bateria.

Felizmente, o pessoal da Japan Display criou uma tela LED colorida, que copia algumas das características das telas e-ink, com o objetivo de gerar um menor consumo de bateria. Para alcançar esse objetivo, eles adicionaram duas características consideradas essenciais na nova tela: a primeira é uma capa que faz com que tudo seja muito visível, sem utilizar uma luz de fundo, algo que gasta muita energia nas telas de LCD tradicionais. A segunda é uma tecnologia chamada “Memory-In-Pixel”, que permite que uma imagem estática siga sendo mostrada, sem gastar energia adicional.

A Qualcomm lançou algo similar, chamado Mirasol, que também consumia pouca bateria, mas não pareceu ser suficientemente bom para competir com as telas OLED ou IPS tradicionais.

Talvez essa nova iniciativa da Japan Display se torne um pouco mais popular, e finalmente seja uma solução para economizar o gasto de energia nos smartphones, um problema que parece ser uma constante, e curiosamente, deixado de lado por quase sempre. Enquanto novos gadgets maravilhosos são criados e carregadores portáteis estão disponíveis, nenhum grande fabricante conseguiu uma solução realmente eficiente para que a bateria de um smartphone dure ao menos dois dias para os usuários que utilizam o dispositivo de forma constante.

Via Gizmologia