Tão rápido quanto humanamente possível. E você aí pensando que não seria possível… que falta de fé a sua!

Bom, sem piadinhas agora. A tecnologia está muito avançada, a ponto de produtos teoricamente impossíveis de serem copiados ou, nesse caso, crackeados, serem devidamente alterados por mentes e mãos habilidosas. Principalmente se vierem da China. Como nesse caso: uma fabricante chinesa alega ter descoberto um código integrado no chip de autenticação do novo cabo Lighitining da Apple, permitindo que fabricantes de acessórios possam facilmente criar clones desse cabo, sem maiores problemas. Resumindo: era tudo o que a Apple NÃO queria.

Essa fabricante chinesa alega ter conseguido com sucesso reverter a engenharia presente no cabo oficial da Apple, aprendendo como eles criaram o cabo, o chip e todos os seus elementos integrados, e criando assim um dock alternativo e não oficial, chamado Flash Lightining Dock. Para deixar o produto ainda mais invocado (e provocar ainda mais a ira da empresa de Cupertino), eles colocaram um LED pulsante, que varia de velocidade de acordo com a quantidade de bateria restante no smartphone, indicando assim a velocidade da recarga.

O cabo está nesse momento disponível para compra no site da iPhone5mod (clique aqui), pelo preço de US$ 40. Até o momento, a Apple não se pronunciou sobre o assunto, mas acredito que isso não vai demorar para acontecer. Abaixo, um vídeo demonstrativo do periférico em funcionamento.

Via M.I.C. Gadget