iphone-se

Reduzir o tamanho dos smartphones traz consequências para todos os fabricantes. A tela perde polegadas, caindo também a resolução, mas dependendo do fabricante o maior impacto está na bateria, que também encolhe. Havia uma dúvida sobre o iPhone SE nesse aspecto, já que o modelo contava com as mesmas dimensões do iPhone 5s, lançado em 2013.

Mas temos uma boa notícia. A autonomia do iPhone SE tem algumas horas a mais do que o iPhone 5s, mostrando que a Apple se preocupou com o quesito bateria nesse novo modelo.

 

Bateria maior, processador mais eficiente

apple-a9

O tempo não para para os smartphones, ainda mais com o ritmo vertiginoso que eles evoluem. As baterias não melhoram a sua tecnologia, mas os processadores são mais eficientes no consumo, assim como as telas e outros componentes. No iPhone SE isso não é diferente, de modo que a presença do Apple A9 no seu interior ajudará a aumentar a autonomia.

Mas o principal responsável pelo sucesso na autonomia ainda é a bateria. No iPhone 5s de 2013, temos uma bateria de Li-Po de 1.560 mAh, que oferecia até 250 horas em standby com conectividade de dados. Já o iPhone SE de 2016 conta com uma bateria de 1.642 mAh, que curiosamente piora os números em standby com dados, mas melhora todos os outros.

O ganho em mAh é de aproximadamente 10%, o que não justificaria um aumento na reprodução de músicas em 25% ou ganho de horas de conversação de 40%. Mas como já foi dito, o processador é também parte da culpa do consumo. A seguir, os dados oferecidos pela Apple em uma tabela, comparando os dois modelos para ver onde está a diferença.

iPhone 5s iPhone SE
Bateria 1.560 mAh 1.642 mAh
Em standby Até 250 horas Até 240 horas
Em convversação Até 10 horas Até 14 horas
Música Até 40 horas Até 50 horas

Como é habitual, os dados de bateria como números não querem dizer muita coisa, pois a bateria de um smartpone depende de múltiplos fatores. Desde a cobertura de sinal na nossa região até a temperatura ambiente e, obviamente, do tipo de uso que cada usuário dá ao dispositivo. Mas ao menos no papel, parece que temos uma pequena melhora no iPhone SE.